Sintomas de Gravidez
  1. 5
  2. 4
  3. 3
  4. 2
  5. 1
(4.9 de 5, baseado em 101 Voto )

Sintomas de Gravidez

1. Menstruação atrasada ou ausente

Surpreendentemente, esse não é o sinal mais confiável, da mesma forma que os resultados de um teste caseiro de gravidez também não são. Para confirmar a gravidez, a mulher precisa fazer um exame de sangue Beta HCG e um exame ginecológico. Se uma mulher tem a menstruação regular, um atraso de 1 a 3 dias pode indicar gravidez. Se os ciclos menstruais são irregulares, um atraso de 5 a 7 dias já será significativo.

Se menstruação da mulher está atrasada há mais de 10 dias e ela não está grávida, este quadro já é considerado patológico.

A gestação é medida em semanas, a começar do primeiro dia do ciclo anterior. Os sinais de gravidez a seguir não irão aparecer antes da quinta semana.

2. Sensibilidade nos Seios

As mulheres grávidas costumam notar que seus seios se tornam maiores e mais pesados. Ao mesmo tempo, ficam levemente doloridos e a sensibilidade aumenta consideravelmente.

As aréolas do mamilo escurecem significativamente e sua pele fica um pouco mais áspera. Também pode haver coceira, um leve inchaço ou formigamento. Os vasos sanguíneos ficam claramente visíveis.

Depois das 12 semanas, há possibilidade de ver o colostro, uma secreção amarelada dos mamilos. Porém, geralmente, sua produção começa mais próximo dos últimos meses de gravidez.

3. Temperatura elevada

Às vezes, as mulheres nem sentem. Apenas em casos raros, as mudanças de temperatura podem ser sentidas com uma leve sensação de calor ou calafrios. Uma medição de temperatura comum não mostra uma alteração perceptível do padrão. Para ter certeza de que está grávida, você precisará medir sua temperatura basal (TCB). Como você pode fazer isso?

Coloque delicadamente a ponta de um termômetro de mercúrio no ânus, na vagina ou na boca, sem fazer movimentos bruscos. Você deve fazê-lo ao acordar, pela manhã. Tal procedimento deverá ser realizado alguns dias antes da ovulação ou da realização de um teste caseiro de gravidez e deve ser repetido ao longo de vários dias. A TCB fica aumentada para algo entre 36,9 a 37,4°C durante a ovulação ou gravidez. No entanto, durante a ovulação, a temperatura cai após 3 a 5 dias enquanto que, durante a gravidez, ela permanece constante.

4. Náusea

A náusea não é um indicador definitivo da gravidez e pode ser causada por cheiros, alimentos ou ao ver algo perturbador ou desagradável. A náusea geralmente, ainda que não ocorra sempre, leva ao vômito e ocorre principalmente pela manhã. Algumas mulheres sentem um gosto estranho e constante na boca. Por via de regra, ela passa sozinha e nada a alivia, nem balas de hortelã ou enxaguantes bucais.

Apesar do estereótipo, os enjôos matinais não são o primeiro sintoma da gravidez. Eles podem não ocorrer e, às vezes, começam no final do primeiro trimestre.

5. Cansaço

Tontura, dor de cabeça leve, cansaço e sonolência são reações comuns a uma concepção bem-sucedida. As mulheres grávidas se cansam mais rápido, têm uma necessidade de sono durante o dia e apresentam fraqueza e níveis mais baixos de energia.

Entretanto, caso esses sintomas sejam muito debilitantes, podem indicar que a taxa de hemoglobina no seu sangue está baixa, o que pode causar um aborto espontâneo. Portanto, consulte seu ginecologista imediatamente.

6. Dificuldade na evacuação

Prisão de ventre e diarréia também são sinais precoces de gravidez. Às vezes, também há gases.

A vontade de fazer xixi se torna mais frequente. Ainda que tenha apenas uma pequena quantidade de urina na bexiga, a mulher grávida já sente necessidade de ir ao banheiro. Isso acontece porque o útero começa a crescer e pressiona a bexiga.

7. Desconforto na parte inferior do abdômen

Uma dor leve e incômoda, sensação de pressão e espasmos indicam um fluxo de sangue em direção ao útero e o crescimento do feto. Os sintomas são muito semelhantes aos que ocorrem antes do habitual período menstrual. Algumas vezes, a mesma dor também pode ser sentida na região lombar.

Dores agudas ou muito fortes e com pontadas são consideradas patológicas.

8. Escapes (Spotting)

Aproximadamente, entre 7 e 10 dias após o sexo, podem ocorrer alguns pequenos escapes. É um sinal de que o óvulo fertilizado se fixou à parede do útero. Com o funcionamento normal do corpo, as manchas de sangue aparecem apenas por 1 ou 2 dias e depois param.

A produção de muco cervical começa a aumentar e suas características mudam. Uma ou duas semanas após a concepção, ele se torna mais espesso, pegajoso e transparente. Então, aos poucos, o muco adquire uma cor branca ou ligeiramente amarelada. Mais adiante na gravidez, ele se parecerá com a clara de ovo crua.

O tipo do corrimento pode acusar a gravidez ainda mais cedo do que o teste de farmácia consegue dar positivo.

9. Oscilações de humor

As mulheres grávidas começam a ficar sensíveis logo no início. O seu humor muda, independente de fatores externos; podendo ficar tristes ou o oposto, alegres e quase eufóricas. A futura mamãe sente uma constante vontade de chorar, seja de tristeza, irritação, alegria ou carinho.

As coisas mais bobas te distraem das tarefas importantes, a falta de atenção aparece e a memória falha, principalmente a de curto prazo. Impulsos emocionais podem sumir subitamente e se transformar em apatia. A sua reação às coisas comuns também fica alterada durante as primeiras semanas.

E, no entanto, o estereótipo de uma mulher histérica e incontrolável, pronta para esfaquear alguém com uma faca, é ridículo. Sim, os hormônios das mulheres grávidas se alteram drasticamente, mas a maioria das futuras mamães lida muito bem com isso.

10. Mudanças de gostos

As mudanças mais óbvias são as do paladar. Em regra, a mulher começa a sentir desejos de uma comida específica, geralmente azeda, picante ou doce. Muitas vezes, ela deseja uma combinação de alimentos que beira o absurdo!

O apetite aumenta abruptamente ou, pelo contrário, diminui acentuadamente. Muitas vezes, há o desejo de comer algo que está «fora de época» (por exemplo, uma melancia bem no meio do inverno). Algumas mulheres querem uma cerveja ou um cigarro, mesmo que nunca tenham fumado ou bebido álcool.

A sensibilidade aos cheiros é outro sinal importante. Seu perfume favorito pode parecer repugnante de uma hora para outra enquanto o cheiro de gasolina ou de tinta fresca parecerá agradável. Durante esse período, uma mulher pode facilmente desejar experimentar algo novo, mudar seus gostos em música, livros, filmes ou hobbies.

11. Alterações na pele

Alterações na pele podem não aparecer desde o primeiro momento após a concepção, mas ocorrem bem cedo. Normalmente, existem apenas duas opções:

  • Oleosidade, acne ou espinhas aparecendo, poros dilatados
  • Secura, sensibilidade elevada, descamação e coceira.

Estes problemas podem permanecer até os últimos meses de gestação ou podem sumir rapidamente e a pele ficará ainda melhor do que era antes.

Algumas vezes, a gravidez também afeta os cabelos e unhas. Para algumas mulheres, elas se tornam mais frágeis com pontas duplas e cabelos e unhas quebradiças. Para outras, ocorre o oposto, os cabelos ficam sedosos, brilhosos, macios e as unhas ficam mais fortes.