Teste de Gravidez Positivo
  1. 5
  2. 4
  3. 3
  4. 2
  5. 1
(4.9 de 5, baseado em 21 Voto )

Teste de Gravidez Positivo: O que fazer em seguida?

Você está com as mãos trêmulas, aérea e sentindo um turbilhão emoções. E… a causa de todos esses sintomas é um resultado positivo no teste de gravidez caseiro. Algumas mulheres ficam nas nuvens, outras começam a entrar em pânico e outras congelam. Mas todas têm a mesma pergunta: o que fazer em seguida?

Um plano de ação detalhado está descrito neste artigo.

1. Fique calma

Antes de mais nada, siga este conselho. As mulheres que desejam muito, ou que não desejam, e que as têm medo de engravidar, às vezes podem imaginar que estão vendo a segunda linha. De qualquer forma, fique tranquila.

Não busque distrações, porque isto não funciona. Em vez disso, respire profunda e calmamente ou converse com seu parceiro/marido ou um amigo/parente de confiança sobre a situação. Vai ajudar muito mais.

O principal erro é começar a ler relatos em fóruns online, onde mulheres grávidas e mães de primeira viagem trocam experiências. Estas informações nem sempre são precisas ou verdadeiras. Além disso, alguns usuários escrevem histórias assustadoras sobre gravidez ou parto. Poupe sua cabeça e leia apenas literatura profissional ou converse com seu médico

2. Verifique novamente o resultado

Assim que sua capacidade de pensar com clareza voltar, é aconselhável verificar novamente o resultado. O melhor é comprar 2 ou 3 testes, mas de diferentes marcas e tipos e, de preferência, em diferentes farmácias. Leia atentamente as instruções. Os testes podem revelar resultados falsos positivos devido ao seu uso incorreto, armazenamento inadequado ou quando estão fora da validade.

Você pode ter um resultado falso positivo nestas situações:

  • Aborto recente, espontâneo ou não
  • Gravidez ectópica
  • Contaminação do teste por sólidos orgânicos (ex. poeira)
  • Tratamento médico hormonal
  • Menopausa
  • Câncer
  • Alguns tipos de cistos, miomas e doenças similares

Caso tenha alguma dúvida, você pode repetir o teste em 2 ou 3 dias. Se você estiver grávida, as linhas de confirmação aparecerão mais fortes. Seus resultados ainda mostram gravidez? É hora de chegar ao terceiro passo.

3. Converse com sua mãe

Conversar com sua mãe não é bom apenas para ter um apoio moral ou para compartilhar sua alegria. É essencial conversar com sua mãe para descobrir como foi a sua gravidez e o seu parto. Estas informações vão ajudar o médico a entender melhor como gerenciar sua própria gravidez. Existem algumas perguntas que você deve fazer a sua mãe:

  • Qual era o meu peso e comprimento quando nasci?
  • Você teve alguma complicação durante a gravidez ou no parto?
  • Você teve pressão alta durante a gravidez?
  • Quais doenças eu tive quando criança (rubéola, catapora etc.)?

Também é interessante relembrar todas as suas doenças ou alergias crônicas ou graves no passado. Sua mãe pode ajudá-la.

4. Agende uma consulta com um médico

Esta é uma etapa natural e óbvia. No entanto, os dados indicam que muitas mulheres adiam uma visita ao médico ou mesmo não consideram algo necessário. Esta conduta está errada, é claro. Quanto mais cedo a futura mamãe agendar uma consulta, maior a probabilidade de o médico detectar anomalias ou complicações fetais durante a gravidez.

Se o teste exibiu duas tiras que não são causadas por uma gravidez ou defeito do produto, o médico poderá determinar a causa e prescrever o tratamento adequado.

O que o médico faz nas suas primeiras consultas?

4.1. Pede exames laboratoriais para medir o nível de hCG

Se a gravidez estiver muito no início, até um exame ginecológico pode não acusá-la, mas o teste de detecção de gonadotrofina coriónica fornecerá uma resposta precisa. O hormônio é muito mais facilmente detectado no sangue do que é na urina. Se o teste caseiro mostrou um resultado incorreto, o teste de laboratório o confirmará.

4.2. Diagnóstico

O médico pode solicitar outros exames de sangue, urina ou tireóide. Ele também pode recomendar que você faça uma avaliação geral com um terapeuta, oftalmologista, otorrino e outros especialistas.

Você precisará fazer exames durante a gravidez, quase sempre antes de ir nas suas consultas com ginecologista. No entanto, é melhor não pular nenhum exame, pois eles são muito importantes para uma gravidez saudável. Todos os procedimentos têm como objetivo não apenas acompanhar o desenvolvimento da criança, mas também cuidar do bem-estar da mãe.

4.3. Prescrever vitaminas pré-natais

Um ginecologista pode prescrever vitaminas para anemia, imunidade baixa, distúrbios hormonais e desconfortos em geral. Elas vão melhorar a sua saúde e os nutrientes adicionais podem até melhorar sua pele, cabelos e unhas.

4.4. Pedir um ultrassom

O primeiro ultrassom não deve ser pedido antes de duas semanas após o atraso da menstruação. Seu principal objetivo é descartar uma gravidez ectópica, mas também pode detectar qualquer outro problema nos órgãos reprodutivos

Um ultrassom para determinar o sexo do bebê e acompanhar seu desenvolvimento será solicitado mais para frente.

4.5. Agendar consultas

Você vai precisar ir ao médico com mais frequência do que seu marido. Se você não tiver complicações na gravidez, a frequência das consultas provavelmente será de uma por mês, mas não menos que isso. Mais próximo do parto, você terá que ir ao ginecologista com mais frequência.

É melhor agendar as consultas com seu médico desde o início, para que você não precise cancelar seus outros planos nem procurar um médico às pressas no final da gravidez.

5. Busque informações

Livros, fontes confiáveis da Internet e aulas de parto são úteis e importantes. Uma mulher, que entende como seu corpo está mudando e como seu filho está crescendo, fica mais confiante. E confiança e tranquilidade ajudam muito na hora do parto.

Siga o conselho do seu médico. Esses nove meses não são o momento certo para seguir conselhos duvidosos ou experimentar novas técnicas.

6. Aproveite a sua gravidez

Quase toda gravidez traz algum desconforto. É natural e bastante tolerável. No entanto, é melhor tentar se cercar de um ambiente mais confortável.

Esteja cercada de pessoas agradáveis, visite lugares bonitos, os sentimentos bons afetam positivamente o sistema nervoso do bebê e sua saúde em geral. E a futura mamãe também se beneficia disso.

Porém, existe um «mas». A gravidez não é o melhor momento para mudanças profundas. Portanto, se uma mulher grávida:

  • Fuma, ela não pode largar o cigarro de uma vez só. É melhor reduzir gradualmente até parar de fumar.
  • Não segue uma rotina saudável; ela vai ter que tentar melhorar aos poucos. É interessante pedir ajuda ao futuro papai também.
  • Está acostumada com atividades físicas, é recomendável cortar os treinos intensos ou com muita carga. Você pode substituí-los por caminhadas e yoga para grávidas;
  • Gosta de junk food; é melhor reduzir sua ingestão. Uma mulher pode mudar muito o seu paladar, muitas vezes tendo desejo de junk food. Você não deve se eximir deste prazer; no entanto, é prudente limitar a quantidade de alimentos. Certifique-se de que sua dieta seja composta, principalmente, de alimentos saudáveis.
  • É uma pessoa ativa que não consegue ficar parada. Ela pode manter seu antigo estilo de vida. Mas definitivamente terá que estar atenta a sua rotina e alimentação, além de cortar totalmente o estresse e o excesso de trabalho.

Um teste de gravidez positivo pode ser causado por um defeito do produto ou um sinal de maternidade. De qualquer forma, é melhor confirmar e agendar uma consulta médica. Esse passo te ajudará a garantir uma gravidez segura e saudável para você e seu filho.